Cirurgia ortognatica de mandíbula

Quais são as melhores opções para resolver problemas faciais? Muitos podem pensar que sejam as cirurgias plásticas. Mas não é bem certo dizer isso. Os problemas faciais muitas vezes originam-se de problemas estruturais, ao invés de apenas de aparência, de pele. E esses problemas estruturais têm a ver com os processos de crescimento muitas vezes, que fazem a pessoa ter um rosto que parece meio deformado. Algumas pessoas passam por isso apenas no começo da puberdade. E somente após o fim da adolescência dá para saber se algo mais sério acabou acontecendo.

Os maiores problemas faciais com a estrutura óssea ocorrem com a mandíbula e os maxilares. Estima-se que quase 30% das pessoas, de forma geral, tenham problemas com a mandíbula, propriamente. E que metade desses casos sejam passíveis de serem operados. Para esse tipo de ocorrência, existe a cirurgia ortognatica de mandíbula. Pode-se pensar que esse tipo de cirurgia é padronizada. Mas isso não é, de novo, bem verdade. Os tipos desse tipo de cirurgia (classe 1, 2 e 3) possuem pontos diferenciadores, mas os casos reais transitam entre eles.

Quais são os casos que requerem cirurgia ortognatica de mandíbula?

  • Mandíbula muito estendida;
  • Mandíbula muito recuada;
  • Mandíbula com problemas de articulação;
  • Situações de impossibilidade correta de mastigação em parte por causa da mandíbula;
  • Assimetria de mandíbula ou do maxilar superior;
  • Dificuldades de respiração causadas por mandíbula erroneamente posicionada;
  • Questões estéticas diversas.

Não é correto imaginar que a cirurgia ortognatica de mandíbula só deva ocorrer em casos extremos. Existem casos mais leves, de posicionamento da mandíbula, em que ela pode requerer ser cortado ou posicionada. Por sua vez, as cirurgias ortognaticas podem se combinar, nas classes 2 e 3, ou ambas simultaneamente. Por isso, sempre é preciso avaliar o caso e os objetivos com a cirurgia.

Você já pensou em efetuar uma cirurgia para sua mandíbula?

Se você lê este texto, provavelmente já passou por problemas de mandíbula com defeitos ou com posicionamento errado (para a frente ou para trás). Por isso, provavelmente até pensou em fazer uma cirurgia, mas não teve suficiente esclarecimento para isso. Consulte seu dentista ou ortodontista, e veja as possibilidades á sua disposição.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia ortognatica de mandíbula:


cirurgia ortognatica de mandíbula
cirurgia ortognatica de mandíbula